Sábado, 13.03.10

 


tópicos / topics: , ,

publicado por Carlos Palmeiro às 21:59 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Sábado, 27.02.10

Elevador da Lavra

Elevador da Lavra: De perfil, para a fotografia (Lifecooler)

Os quatro elevadores da cidade - Bica, Santa Justa, Lavra e Glória – recebem criadores contemporâneos, respectivamente, intervenções de Alexandre Farto, Susana Mendes Silva, Vasco Araújo e Susana Anágua. Até 30 de Junho. 
Agora ao utilizar os elevadores e ascensores da cidade de Lisboa, os passageiros vão poder ver mais. Se passarem pela Bica vêem a própria calçada íngreme reflectida no ascensor - Alexandre Farto (n.1987, Lisboa) revestiu toda a superfície normalmente amarela de uma película "espelho" ("Espectro" é o título da obra). Ao subir o conhecido Elevador de Santa Justa podemos ler nas janelas o convite à interacção de Susana Mendes Silva (n.1972, Lisboa) - traduzido em muitas línguas para que todos os turistas possam participar também na recolha de imagens e experiências (num blog criado pela autora).
No ascensor da Glória a experiência é exterior. Susana Anágua (n.1976, Torres Vedras) colocou lentes no topo da calçada que reforçam o exercício mecânico da troca de forças entre os dois ascensores. Vasco Araújo (n.1975, Lisboa) criou um local de reflexão - placas verdes de borracha com frases estão colocadas pelos bancos do ascensor do Lavra. Os passageiros podem sentar-se em cima da obra mas também, e principalmente, ler e reflectir acerca do tema da viagem nas diversas citações, escritas pelo próprio artista mas também por autores como Cesare Pavese, Fernando Pessoa ou Samuel Beckett.
Encontre aqui informações sobre os elevadores da cidade de Lisboa (Lifecooler).
Fonte: Jornal Público


publicado por Carlos Palmeiro às 10:38 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Domingo, 21.02.10

Uma exposição internacional dedicada ao tema da pintura de Natureza-morta na Europa – a primeira do género a realizar-se em Portugal - e que será apresentada em duas partes. A primeira, a realizar entre 12 de Fevereiro e 2 de Maio, será constituída por 71 pinturas dos séculos XVII e XVIII. A produção dos séculos XIX e XX será exibida mais tarde, entre 20 de Outubro de 2011 e 8 de Janeiro de 2012. 
A exposição pretende explorar os temas recorrentes da natureza-morta ao longo de quatro séculos de história: naturezas-mortas com frutos, caça, cozinhas e mesas de banquete, pintura de flores, instrumentos musicais, gabinetes de curiosidades, Vanitas e obras em trompe-l’oeil. A diversidade do tratamento artístico destes temas nos vários países será demonstrada através do confronto de obras como, por exemplo, as naturezas mortas das pintoras Louise Moillon e Fede Galizia, ou as cenas de cozinha de Jean Siméon Chardin e Luis Meléndez. A colectânea reunida propõe-se examinar o amplo significado cultural e social da pintura de objectos e de alimentos. Os diversos sentidos da natureza-morta serão tratados em profundidade: imagens conciliadoras de satisfação material podem conter igualmente mensagens morais sobre os conceitos de abundância e consumo, mas também uma chamada de atenção para a transitoriedade da vida, sobretudo evidente nos exemplos presentes da secular tradição da Vanitas, tanto nos países católicos como nos protestantes.
Integram a exposição obras de nomes fundamentais que cultivaram este género, como Juan Sanchéz Cotán, Juan van der Hamen, Pieter Claesz, Juan Zurbarán, Rembrandt van Rijn, Antonio de Pereda, Nicolas Largillièrre, Jean Baptiste Oudry e Francisco de Goya. As obras provêm de várias colecções privadas e de museus como a National Gallery of Art de Washington, o Metropolitan Museum de Nova Iorque, o Museu do Louvre, o Museu do Prado, o Rijksmuseum de Amesterdão, o Mauritshuis de Haia, a National Gallery de Londres, o Fitzwilliam Museum de Cambridge, entre tantos outros. O comissariado científico da exposição está a cargo de Peter Cherry, conceituado especialista em natureza morta espanhola e italiana e responsável pelo Departamento de História de Arte e Arquitectura do Trinity College de Dublin. A mostra conta ainda com os contributos de John Loughman (pintura holandesa, flamenga e alemã), de Lesley Stevenson (pintura francesa), e de Neil Cox (natureza-morta no século XX).
Fonte: Fundação Calouste Gulbenkian

 

A Perspectiva das Coisas. A Natureza-morta na Europa, de 12/02 a 02/05/2010 (das 10h00 às 18h00 / terça a domingo) - Galeria de Exposições Temporárias da Sede, F. C. Gulbenkian.


publicado por Carlos Palmeiro às 17:50 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Sexta-feira, 25.09.09

Bienal de Coruche de Artes Plásticas

Bienal de Coruche de Artes Plásticas


tópicos / topics: , , , ,

publicado por Carlos Palmeiro às 15:01 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Sábado, 19.09.09

Museu Municipal de Coruche

Exposição “António Badajoz”: Encontra-se patente no antigo edifício dos CTT, desde o passado dia 8 de Agosto até 5 de Dezembro próximo, a exposição que assinala os 60 anos de alternativa de António Badajoz, ilustre bandarilheiro e “personagem” de destaque no mundo dos toiros. A exposição, de carácter biográfico, incide sobre a vida do homenageado enquanto figura marcante da “festa brava” que acabou por inspirar de forma permanente o universo do toureio português. A exposição procura assim dar a conhecer António Badajoz, procurando desde já calcar caminho para a concretização do futuro núcleo tauromáquico de Coruche.
Exposição “Caminhos de terra… construções em pedra: o Megalitismo em Coruche”: Encontra-se patente no MMC, desde o passado dia 14 de Agosto até 2 de Maio de 2010, uma exposição dedicada ao megalitismo em Coruche, feita em parceria com o Museu Nacional de Arqueologia (MNA). A exposição, que resulta de uma investigação realizada ao longo de um ano, tendo por base o estudo dos “Cadernos de Campo” de Manuel Heleno (director do MNA de 1930 a 1966), permite ao visitante observar materiais recolhidos das escavações realizadas entre os anos de 1931 e 1934 no extremo sudeste do Concelho de Coruche. Poderão também ser observados objectos que testemunham rituais praticados pelas comunidades agropastoris que habitaram a região entre o 5.º e o 3.º milénio a.C. Em complemento à exposição, destaque para o lançamento do Roteiro Megalítico de Coruche, um projecto editorial do MMC em parceria com o MNA (o roteiro poderá ser adquirido no MMC pelo valor unitário de 18,00 Euros).
IV Bienal de Artes Plásticas”: Decorrerá de 2 a 18 de Outubro a quarta edição da Bienal de Artes Plásticas de Coruche, salão comissariado pelo Arquitecto Carlos Janeiro que tem conquistado o seu lugar no panorama nacional das artes plásticas, constituindo-se já como uma referência para muitos artistas, população local e apreciadores nacionais. A bienal tem vindo a caracterizar-se como “um espaço de inovação, de encontro, de prazer intelectual e de experiência cultural para muitos”, o que tem contribuindo para um incremento cultural e social na região. O local de realização do salão será anunciado em breve, esteja atento aos meios de comunicação ou consulte regularmente o sítio do MMC na internet.
Sobre os três eventos sugeridos poderá encontrar informações adicionais visitando pessoalmente o museu municipal ou, em alternativa, consultando o seu sítio na internet (www.museu-coruche.org).

tópicos / topics: , , , ,

publicado por Carlos Palmeiro às 00:00 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Segunda-feira, 07.09.09

Obra de René Magritte (um dos principais artistas surrealistas belgas) "Ceci n'est pas une pipe" (isto não é um cachimbo)


tópicos / topics: ,

publicado por Carlos Palmeiro às 08:20 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Quinta-feira, 03.09.09

Fonte: http://www.cm-cascais.pt/Cascais/Viver/Cultura/Programas_projectos/casa_historias_desenhos.htm

"Casa das Histórias Paula Rego, Junho 2009" Fonte: Município de Cascais (www.cm-cascais.pt)

A Casa das Histórias Paula Rego, localizada no concelho de Cascais, tem inauguração prevista para 18 de Setembro, devendo estar aberta todos os dias entre as 10h e as 22h durante um período experimental. O novo espaço terá entrada gratuita, contando com um espaço total de 750m2. O edifício foi desenhado pelo arquitecto Souto de Moura.
“A colecção da Casa das Histórias conta com a totalidade da obra gráfica da artista, num total de 257 exemplares, com várias centenas de desenhos, algumas dezenas de pinturas emprestados pela artista por uma década, também de Victor Willing, seu falecido marido, e ainda a tapeçaria com o tema "Batalha de Alcácer-Quibir", adquirida pelo município de Cascais.”
Informação adicional aqui (jornal i) e aqui (página no sítio do Município de Cascais).

tópicos / topics: ,

publicado por Carlos Palmeiro às 13:36 | ligação ao artigo / link to the article | comentar / comment | partilhar / share

Naturgift, by the nature… ecoturismo, turismo de natureza e turismo de aventura (Naturgift Agência de Animação Turística, brevemente em www.naturgift.pt / www.naturgift.com):

artigos recentes / recents articles

Património: Uma Arte Nobr...

Exposição urbana: Carris ...

Exposição: Pintura de Nat...

Evento: Bienal de Coruche...

Proposta: Museu Municipal...

Objecto: O Cachimbo de Ma...

Museu: Casa das Histórias...

tópicos / topics

açores(4)

aeroporto(3)

áfrica(4)

alentejo(24)

algarve(9)

alpinismo(4)

ambiente(11)

arquitectura(3)

arte(7)

artes plásticas(3)

aventura(6)

aves(3)

aviação(8)

biodiversidade(6)

birdwatching(3)

btt(7)

ciência(5)

cinema(10)

clima(7)

comboio(3)

concurso(3)

conferência(20)

congresso(6)

cop-15(3)

copenhaga(3)

corrida(3)

coruche(18)

crónica de viagem(5)

cultura(3)

desenvolvimento local(5)

desenvolvimento sustentável(6)

design(3)

documentário(3)

douro(3)

economia(6)

ecoturismo(3)

educação(5)

empreendedorismo(4)

ensino(3)

ensino superior(4)

estocolmo(3)

europa(8)

evento(58)

eventos(3)

évora(6)

expedições(3)

exposição(11)

feira(4)

feiras(5)

ferramentas(4)

festivais(7)

festival(8)

finlândia(3)

floresta(4)

formação(5)

fotografia(14)

futuro(5)

gastronomia(24)

guias(3)

helsínquia(3)

hotelaria(5)

informação(59)

inovação(3)

investigação(3)

istambul(3)

jazz(4)

joão garcia(3)

lisboa(27)

madeira(5)

marketing(4)

marrocos(4)

mundo(9)

museu(5)

música(8)

natureza(5)

nomad(4)

notícia(4)

omt(4)

opinião(4)

património(14)

planeta(4)

porto(4)

portugal(24)

projecto(6)

proposta(7)

quercus(4)

ryanair(4)

seminário(7)

solidariedade(4)

sustentabilidade(11)

teatro(4)

turismo(43)

turismo de portugal(6)

turismo social(5)

turismo sustentável(4)

universidade(5)

viagens(26)

viajante(4)

viajantes(6)

vídeo(20)

todas as tags

arquivo / file

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

comentários recentes / recent comments
Legal, já chegaram à metade do caminho em 3 meses
Infelizmente todos os rios de Portugal se estão...
Fantastico, Adorei
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
Já conhece as 12 Aldeias Históricas de Portugal? N...
Que poster mais feio!
Olá Paula... obrigado... espero que continues a vi...
Sim, parece-me muito útil, considerando a lógica a...
Isso é útil!
Viva colega universitário.Quero desde já, dar os p...

Destaques / Highlights

Dossier BTT / MTB dossier

Canais Web 2.0 / Channel Web 2.0

ligações / links